quarta-feira, dezembro 03, 2014

Sangueeeee!!!

Amei, amei, amei este post! Não só porque traduz na perfeição o meu ponto de vista acerca do assunto mas também por ser um tema que gera sempre tanta polémica por esta internet fora, especialmente em grupos de mães. Os comentários ao post original são uma pequenina (e deliciosa) amostra disso mesmo.

Deliciem-se =)


Glossário de roupas betas

"Não é novidade nenhuma que as roupas betas para criança estão na moda.
Eu confesso: adoro ver a Isabel de folhinhos, rendinhas, meias até ao joelho, laçarotes, mas atenção, convém serem usados de forma comedida, o que às vezes é difícil. Apetece enchê-las de folharecos e frufrus e elas às vezes ficam a parecer um embrulho de Natal, com laços maiores que as cabeças, pobrezinhas.

Mas, regra geral, gosto, dá um bom ar, acho que os miúdos ficam com um ar querido. Gosto pouco de ver os miúdos de fatos de treino do Mickey e de ver as miúdas de 3 anos com casacos leopardo, blusas com brilhantes e saltos altos. Acho que há tempo para tudo e enquanto eles não nos pedirem essas bonecadas e enquanto elas não quiserem parecer stripers é usar e abusar de roupinhas clássicas, românticas e fofinhas.

Mas vamos lá ver se nos entendemos. Dá para pararem de inventar nomes para as roupas betas? (pronto, vão-me responder que já existem há séculos e que ninguém está a inventar nada. Mas não dá para simplicar?)

"Ora a baby M. (ainda não percebi por que razão, mas as mães betas referem-se aos bebés betos só com uma letra. Pensando bem, deve ser para abreviar o nome completo Maria do Carmo de Santa Isabel Arriaga Almeida e Pires de Sousa) tem vestido um chambre de cambraia com gola de renda rosa e uns bloomers em bombazine com pintas cinzentas e folho na parte de trás." 
Oi???

"O baby A. tem um fofo em piquet com uma golinha debruada a azul."  
Tem o quê?!
Para as grávidas, para os pais e para as pseudo-betas - que é o meu caso - cá está o glossário das roupas pipis. Escusam de me agradecer.

Carneiras
Não se exaltem, não vos estou a chamar nomes. São mesmo uns sapatinhos betos com uma palas de franjinhas. (A Isabel tem umas, óbvio.)
Pé de Pato
Chambre 
No fundo, no fundo é uma camisa, normalmente de golinha (corrijam-me mães betas mais experientes, please!) 
Ma Petite Pricesse
Cueiro
Peça que se usa nos primeiros tempos do bebé. Vestido comprido, até aos pés, muito fácil de vestir, porque, normalmente, tem abertura atrás. 
Bloomers
Se pensarmos bem, podiam chamar-se simplesmente calções, mas para quê facilitar? Ou ceroulas, mas isso não seria um nome nada chique.
Ma Petite Princesse
Fofo 
A primeira vez que ouvimos o pai da criança a usar este termo correctamente é toda uma emoção.
Ora um fofo é um macacão a acabar no rabo, ou melhor, um vestido que fecha nas pernas, fazendo normalmente um efeito balão.
Tilly
Golas 
"Que fácil, isso toda a gente sabe, são as golas altas, para o inverno". Não, não são, caros ignorantes de roupa infantil beta. São aquelas golas de meio metro com debruados e rendas ou folhos, tudo à volta dos pescocinhos das crianças. Quando maiores, melhor. 
Maria Gorda












Qualquer semelhança com esta é pura coincidência:

 

Piquet (ou piqué)
Não confundir com piquete - c'horror! - nem com o giraço do (Gerard) Piqué. 
É um tecido que mistura algodão e poliéster com umas "microcovinhas" em forma de losango. Cá está um cueiro (ó p'ra vocês a usarem já a nomenclatura beta) em piquet:
Coobie
Tapa-fraldas
Simplifiquemos, são umas cuecas. Mas umas cuecas especiais, com folhinho, com laçarote, com frufrus. Pode usar-se por cima de um body e ficam a ver-se os refegos todos das perninhas que é uma maravilha. Se a um tapa-fraldas juntarem umas meias até ao joelho com laçarotes ou pompons, os vossos filhos ficam uns betos de primeira. E talvez rapem algum frio, mas isso é acessório.
Wedoble
[a Isabel tem um igualzinho e fica um amor]

Touca
Não, não é a touca para a piscina. É um gorro betinho, que eu adoro:
Patachoka      
Mas se formos a ver bem, o que é que nos faz lembrar? As toucas dos amish!


Faltou-me alguma peça must-have (decorem esta expressão porque têm de a usar SEMPRE)?
Falta algo para completar estes kits (apontem esta, que também é imprescindível) neste glossário de roupas betas?"


2 comentários:

  1. Adorei!!
    Bem, concordo em parte com todos esses nomes. Eu até achava que um cueiro e uns Bloomers eram a mesma coisa... Quanto ás letras, julgo que tambem as fazem por uma questão de privacidade, pelo menos eu quando me refiro a crianças da minha familia e de amigos faço-o assim porque ninguem tem nada com isso, mas quero referir-me aos pequenos :)
    Mas blogs para lá de conhecidos que usam isso, quando o nome da cria é o do blog não faz sentido algum.... Todos sabem o nome.

    Beijinho

    ResponderEliminar